- PUBLICIDADE -

Agressões contra professores crescem 189% em São Paulo

- PUBLICIDADE -

O número de agressões a professores de escolas da rede estadual paulista disparou neste ano. Em média, três docentes são atacados a cada dois dias no estado.

Segundo dados da Secretaria de Estado da Educação, sob a gestão Márcio França (PSB), obtidos via Lei de Acesso à Informação, as agressões passaram de 74, de janeiro a maio de 2017, para 214, no mesmo período de 2018, o que representa uma alta de 189%.

Em anos anteriores, o número não chegou a cem casos.

As agressões verbais são mais comuns, mas há ataques físicos também.

Os professores dizem que a falta de estrutura das escolas e das famílias dos alunos pode ter provocado o aumento da violência nos últimos anos.

Uma das consequências da falta de apoio do governo do estado, segundo eles, é o uso de drogas dentro ou no entorno das escolas.

 

Com informações da Folha
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -