Português   English   Español

Agressores sexuais se aproveitam de falhas na fronteira dos EUA

Agressores sexuais se aproveitam de falhas na fronteira dos EUA
João Guilherme
João Guilherme
Estudante e interessado em política, história e religião.

Agressores que já haviam sido deportados por oficiais da imigração continuam a se aproveitar de brechas na fronteira para voltarem ao país.


Durante o Ano Fiscal de 2019, que começou em 1º de outubro de 2019, agentes da Patrulha de Fronteira de El Centro apreenderam oito imigrantes ilegais com histórico de deportação por condenações por agressão sexual – a maioria contra crianças, de acordo com o U.S Customs and Border Protection.

Um dos exemplos mais recentes é o de um homem que cruzou a fronteira em um ponto há cerca de 40km de um ponto de entrada na Califórnia, o Calexico Port of Entry. Em uma checagem do histórico através da biometria, os agentes descobriram que Salvador Toribio-Gonzalez, um mexicano de 32 anos, havia sido condenado em 2002 por fazer sexo com um menor. Ele havia sido deportado dos EUA em 2004, depois de passar um ano preso em uma penitenciária estadual.

De acordo com o Breitbart, a apreensão de pessoas com condenações por agressão sexual não está restrita a El Centro Sector.

Recentemente, os agentes da Patrulha de Rio Grande Valley também prenderam imigrantes ilegais deportados anteriormente, com fichas criminais que incluem agressões sexuais. Em 7 de fevereiro, a delegacia da região prendeu um homem de El Salvador que cruzou ilegalmente a fronteira perto de Roma, no Texas. Uma busca por antecedentes revelou que uma corte de Conroe, também no Texas, condenou o homem a 6 meses de prisão e três anos em condicional por fazer sexo com um menor.

Na lista, há também relatos de um homem, também de El Salvador, que foi deportado após estuprar uma criança, e foi novamente foi preso por agentes de Rio Grande City após cruzar a fronteira de Cuevitas, Texas. Ainda na mesma cidade, um mexicano com condenado a 41 meses de prisão por molestar uma criança também foi preso.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...