AGU pede ao STF que autorize a entrada da polícia nas universidades

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O objetivo, segundo documento assinado pelo ministro Mendonça, seria coibir propaganda eleitoral irregular nas instituições de ensino.

O ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), André Mendonça, enviou uma carta ao Supremo Tribunal Federal (STF) em que defende a entrada da polícia em universidades federais para coibir propaganda eleitoral irregular.

Segundo o ministro Mendonça, não pode haver uma decisão geral que proíba a presença de forças militares e cada caso deve ser analisado separadamente pelo juiz eleitoral da região.

Em documente entregue à Corte na última sexta-feira (24), o chefe da AGU destacou:

“Ressalte-se que a universidade deve sim ser reconhecida como um espaço de livre debate de ideias, mas sem a prevalência de corrente de pensamento específica.”

De acordo com Mendonça, a liberdade de expressão e a autonomia universitária devem ser avaliadas quando há outros princípios em conflito, como o da regularidade, da igualdade e da legitimidade do processo eleitoral, informa o Metrópoles.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.