- PUBLICIDADE -

Águas do Velho Chico chegam ao Reservatório Castanhão

Águas do Velho Chico chegam ao Reservatório Castanhão

Desde 2012, o estado do Ceará enfrenta uma das piores crises hídricas da história.

- PUBLICIDADE -

As águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco chegaram ao Reservatório Castanhão, no Ceará

A barragem, que recebe águas do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), é responsável pelo abastecimento da Região Metropolitana de Fortaleza

A liberação das águas ocorreu no dia 1º de março e garantirá segurança hídrica para cerca de 4,5 milhões de habitantes.

Até o momento, o governo Jair Bolsonaro já repassou R$ 1,18 bilhão para o CAC, que tem 65,41% de execução.

O titular do Ministério do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, ressalta que uma das prioridades do governo é levar água para as localidades que mais precisam, sobretudo no Nordeste:

“Depois de oito anos do início das obras do Cinturão das Águas, estamos chegando ao Ceará com as águas do São Francisco. Essa medida é fundamental para garantir que a população de Fortaleza e de toda a região metropolitana tenha garantido o acesso à água em qualidade e quantidade.”

A Região Metropolitana de Fortaleza correu riscos de precisar de abastecimento por meio de carro pipa em diversas ocasiões, como em 2016 e 2017. 

Antes da abertura das comportas no último dia 1º, segundo o governo do estado, o volume disponível do Sistema Integrado Jaguaribe estava em apenas 13,8%

Com essa chegada das águas do Projeto São Francisco, o abastecimento regular fica garantido.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -