Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Alabama sanciona lei que pune pedófilos com castração química

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Alabama sanciona lei que pune pedófilos com castração química

Os estados da Califórnia, Flórida, Geórgia, Iowa, Louisiana, Montana, Oregon, Texas e Wisconsin também têm medidas similares para punir predadores sexuais.

Kay Ivey, governadora do estado do Alabama, nos Estados Unidos, assinou, na segunda-feira (10), uma nova legislação que endurece as penas para predadores sexuais.

O texto da lei estabelece que os abusadores de menores de 13 anos já condenados só poderão ter direito à liberdade vigiada se forem submetidos a um processo de castração química.

Os criminosos que aceitarem se submeter a este processo deverão começar o tratamento pelo menos um mês antes de ganhar a liberdade. Eles deverão continuar realizando o procedimento até que um juiz determine que já não é mais necessário, registra o site UOL.

A castração química consiste na aplicação de injeções a cada seis meses que diminuem a produção de testosterona e inibem o apetite sexual.

O procedimento já é aplicado contra certos tipos de criminosos em países como Alemanha, Itália, Chile, Colômbia, El Salvador e República Dominicana,

Vários estados nos EUA também contemplam a castração química para pedófilos e outros condenados por crimes sexuais.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email