Português   English   Español

Alckmin impediu publicação de manifesto anti-PT

O partido do candidato derrotado Geraldo Alckmin decidiu não apoiar Bolsonaro nem Haddad e liberou diretórios para fazer a escolha que quiserem.

O anúncio foi feito por Alckmin após reunião da Executiva Nacional do PSDB. Ex-governador de São Paulo, ele disputou a eleição presidencial pela segunda vez e ficou em quarto lugar – recebeu 5.096.349 votos (4,76%).

De acordo com o repórter do SBT em Brasília, Daniel Adjunto, o presidente do PSDB, Geraldo Alckmin, impediu que o partido aderisse à uma campanha contra o Partido dos Trabalhadores (PT).

O candidato ao governo de São Paulo, João Doria, queria que o partido fizesse ao menos um manifesto anti-PT, mas foi voto vencido.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter