Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Além do PSL, outros 14 partidos podem ter usado ‘laranjas’

Além do PSL, outros 14 partidos podem ter usado ‘laranjas’
COMPARTILHE

Apesar do foco da cobertura midiática ser o PSL, partido do presidente da República, outras siglas podem ter utilizado candidaturas laranjas em 2018.,

O ministro da Justiça, Sergio Moro, nesta quinta-feira (14) confirmou que serão investigados os casos de candidaturas “laranjas” do PSL, sigla do presidente Jair Bolsonaro, na última eleição.

Em reportagem publicada pela Folha de S.Paulo, nesta sexta-feira (15), o jornal afirma que 53 candidatos receberam mais de R$ 100 mil para financiar suas campanhas, mas saíram das urnas com menos de mil votos.

Os candidatos pertencem a 14 partidos diferentes, mas com predomínio do Pros, PRB, PR, PSD e MDB.

E, curiosamente, dos 53 possíveis ‘laranjas’, 49 eram mulheres — assim como a candidata Maria de Lourdes Paixão, acusada de ter recebido R$ 400 mil de dinheiro público do PSL na eleição de 2018. A Polícia Federal a convocou para depor, como noticiou a RENOVA.

No caso que mais recebeu recursos, Sandra Mendes, candidata a deputada estadual pelo PR na Paraíba, recebeu 1 milhão de reais em recursos e teve 491 votos ao fim das eleições, destaca a revista Veja.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários