Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Alemanha critica ataques de Macron ao acordo Mercosul-UE

Alemanha critica ataques de Macron ao acordo Mercosul-UE
COMPARTILHE

Alemanha afirma que ameaçar bloquear o acordo Mercosul-UE não é a resposta apropriada ao que está acontecendo no Brasil.

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, acredita que a União Europeia deve ratificar seu acordo comercial com os países do Mercosul.

Merkel ressaltou, nesta sexta-feira (23), que a ameaça do presidente da França, Emmanuel Macron, de bloquear o acordo não contribui para a proteção da Amazônia, disse um porta-voz do governo alemão, segundo o site Bloomberg.

Na manhã de hoje, Macron disse que não aprovaria o acordo do Mercosul, fechado há apenas oito semanas, como forma de atacar o governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, alegando que o líder do Brasil “decidiu não respeitar seus compromissos climáticos nem se comprometer com a biodiversidade”.

Enquanto os líderes do G7 começam a chegar a Biarritz, na França, para uma cúpula que começa no sábado (24), os comentários de Macron pegaram alguns líderes europeus de surpresa.

O porta-voz de Merkel disse que derrubar o acordo comercial do Mercosul não retardará o processo de desmatamento no Brasil, destacando que a negociação terminou com compromissos vinculativos sobre a proteção do clima.

Mais cedo, o governo alemão afirmou que os incêndios na Amazônia são uma situação urgente que deve ser debatida no encontro de cúpula do G7, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários