Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Alemanha projeta maior queda na economia dos últimos 70 anos

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Alemanha projeta maior queda na economia dos últimos 70 anos
Imagem: Reprodução/Twitter

Após quase um mês de medidas de restrição à vida pública, a Alemanha começou a retomar as atividades gradativamente. 

O governo da Alemanha projeta que o Produto Interno Bruto (PIB) do país encolherá 6,3% em 2020 em relação ao último ano.

A queda será uma decorrência do novo coronavírus e, consequentemente, das medidas de isolamento social impostas para conter a pandemia.

A edição desta segunda-feira (27) do jornal Süddeutsche Zeitung enfatiza que esta será a maior queda no crescimento econômico desde a fundação da República Federal da Alemanha, em 1949, isto é, 71 anos atrás.

Apesar de um enorme pacote de resgate, as medidas adotadas para conter a disseminação do Covid-19 devem gerar uma grande onda de falências, além de três milhões de desempregados. 

As receitas fiscais também devem diminuir de forma significativa, destaca a emissora local DW.

Até o momento, o governo da chanceler Angela Merkel prevê um déficit fiscal de cerca de 82 bilhões de euros — e um máximo de 356 bilhões de euros em novas dívidas.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email