Alemanha promete apoiar Itália na contenção da crise migratória

Idiomas:

Português   English   Español
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Durante uma visita do premiê da Itália, Giuseppe Conte, nesta segunda-feira (18/06), a Berlim, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, se comprometeu a apoiar os esforços italianos para conter a crise migratória que afeta os países europeus.


Giuseppe Conte, que visitou a Alemanha pela primeira vez desde que assumiu o poder em 1º de junho, afirmou que o governo da Itália quer mudanças nas leis migratórias europeias.

Angela Merkel afirmou:

Queremos apoiar o desejo da Itália em relação à solidariedade, e também esperamos que a Alemanha seja compreendida quando se trata da solidariedade europeia em relação à questão migratória.

De acordo com informações do BOL:

Durante o encontro, Merkel e Conte falaram sobre a necessidade de fortalecer a Frontex, agência europeia de proteção das fronteiras e litorais, e de trabalhar com organizações internacionais para combater as causas da migração na África e no Oriente Médio, relatou a líder alemã.

Ainda segundo Merkel, ambos concordaram que os pedidos de refúgio na União Europeia (UE) devem ser processados nas nações de origem dos requerentes ou em países de trânsito, antes que os refugiados entrem no bloco europeu.

Milhões de refugiados atravessaram o Mar Mediterrâneo nos últimos anos para pedir refúgio em países da UE. O fluxo migratório desencadeou uma reação anti-imigração na Itália, primeiro destino de muitos refugiados que chegam à Europa, e na Alemanha, país que mais os acolhe.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

 

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...