Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Alerj pede ao STF para não suspender impeachment de Witzel

Tarciso Morais

Tarciso Morais

"Não transitamos no terreno da ilegalidade, não compactuo com vazamentos à imprensa", disse Witzel.
Imagem: Pablo Jacob / Agência O Globo
COMPARTILHE

Alerj recorre da decisão de Toffoli que determinava nova comissão para analisar impeachment de Witzel.

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) recorreu da decisão do ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a formação de uma nova comissão especial para analisar o processo de impeachment do governador Wilson Witzel, do Rio de Janeiro.

A liminar de Toffoli foi concedida, na última segunda-feira (27), após um pedido feito pela defesa de Witzel. 

A contestação da Alerj pede que a decisão liminar do STF seja “integralmente reconsiderada e que a comissão especial formada anteriormente na Assembleia seja restaurada.

Com o fim do recesso do Poder Judiciário, quem deve analisar o recurso é o relator do caso, ministro Luiz Fux.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM