Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Alerj pede ao STF para não suspender impeachment de Witzel

"Não transitamos no terreno da ilegalidade, não compactuo com vazamentos à imprensa", disse Witzel.
Imagem: Pablo Jacob / Agência O Globo
COMPARTILHE

Alerj recorre da decisão de Toffoli que determinava nova comissão para analisar impeachment de Witzel.

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) recorreu da decisão do ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a formação de uma nova comissão especial para analisar o processo de impeachment do governador Wilson Witzel, do Rio de Janeiro.

A liminar de Toffoli foi concedida, na última segunda-feira (27), após um pedido feito pela defesa de Witzel. 

A contestação da Alerj pede que a decisão liminar do STF seja “integralmente reconsiderada e que a comissão especial formada anteriormente na Assembleia seja restaurada.

Com o fim do recesso do Poder Judiciário, quem deve analisar o recurso é o relator do caso, ministro Luiz Fux.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários