- PUBLICIDADE -

‘Alfabetização no Brasil é um desastre’, diz Weintraub

'Alfabetização no Brasil é um desastre', diz Weintraub
- PUBLICIDADE -

“Metade das nossas crianças no terceiro ano são analfabetas”, afirmou Weintraub.

Com discurso inicial prometendo educação com “bases científicas”, o Ministério da Educação (MEC) abriu, nesta terça-feira (22), a Conferência Nacional de Alfabetização Baseada em Evidências (Conabe).

Durante toda a semana, o evento vai debater experiências internacionais e pesquisas que possam servir de parâmetro para a Política Nacional de Alfabetização (PNA).

Em discurso, segundo o site Metrópoles, o ministro Abraham Weintraub disse que a PNA, instituída pelo governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, representa a “coragem de confrontar falsos experts”.

Ao comentar os resultados do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), Weintraub declarou:

“Se os governos anteriores se preocupassem menos em doutrinar e se preocupassem mais em ensinar, ler e escrever e fazer conta, talvez o Brasil não estivesse em último lugar na América do Sul.”

E acrescentou:

“O ensino, a alfabetização do Brasil é um desastre. Os ‘arautos’ que se julgam supremos são charlatões, porque se eles são responsáveis por esse resultado. Metade das nossas crianças no terceiro ano são analfabetas.”

O titular do MEC completou:

A técnica usada no Brasil para alfabetizar no Brasil é errada, porque das variáveis disponíveis, ou o brasileiro é inferior a um americano, a um europeu, a um asiático, ou o que nós fazemos com essa criança brasileira é errado. E eu me recuso a acreditar que o brasileiro seja inferior.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -