Aliados pressionam PSDB para tirar Alckmin da corrida presidencial

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O desempenho decepcionante do tucano Geraldo Alckmin nas pesquisas de intenção de voto para presidente levou potenciais aliados do PSDB a pressionar pela substituição do ex-governador de São Paulo.

Os aliados sugeriram ao menos três nomes como alternativa: o ex-prefeito João Doria, o senador Antonio Anastasia, e o ex-governador de Goiás, Marconi Perillo.

De acordo com informações da InfoMoney:

Além da descrença de parceiros históricos, como o DEM, Alckmin enfrenta também resistências de integrantes do PSDB que avaliam, nos bastidores, que sua campanha está morna, especialmente se comparada às movimentações de Jair Bolsonaro, do PSL, e de Ciro Gomes, do PDT. Publicamente, no entanto, não se fala em plano B e dificilmente Alckmin deixará de disputar.

A assessoria de imprensa de Alckmin não comentou a suposta pressão de aliados, mas disse que os rumores de que ele poderia ser substituído são “fake news”.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.