Aliados pressionam PSDB para tirar Alckmin da corrida presidencial

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O desempenho decepcionante do tucano Geraldo Alckmin nas pesquisas de intenção de voto para presidente levou potenciais aliados do PSDB a pressionar pela substituição do ex-governador de São Paulo.


Os aliados sugeriram ao menos três nomes como alternativa: o ex-prefeito João Doria, o senador Antonio Anastasia, e o ex-governador de Goiás, Marconi Perillo.

De acordo com informações da InfoMoney:

Além da descrença de parceiros históricos, como o DEM, Alckmin enfrenta também resistências de integrantes do PSDB que avaliam, nos bastidores, que sua campanha está morna, especialmente se comparada às movimentações de Jair Bolsonaro, do PSL, e de Ciro Gomes, do PDT. Publicamente, no entanto, não se fala em plano B e dificilmente Alckmin deixará de disputar.

A assessoria de imprensa de Alckmin não comentou a suposta pressão de aliados, mas disse que os rumores de que ele poderia ser substituído são “fake news”.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...