Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Aliança não usará fundo partidário em 2022, promete Bolsonaro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Exame médico descartou câncer de pele, diz Bolsonaro
Imagem: Reprodução/Twitter

Ao falar da possível sanção ao fundão de R$ 2 bilhões para 2020, Bolsonaro fez promessa sobre a Aliança pelo Brasil.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou, nesta quinta-feira (9), que se o fundão eleitoral para 2020 for sancionado, o seu futuro partido, Aliança pelo Brasil, não usará os recursos nas eleições de 2022.

Durante transmissão ao vivo no Facebook, Bolsonaro afirmou:

“Deixo bem claro que, mesmo que seja sancionado o fundão, o partido novo em 2022 não vai ter fundo partidário. Uma parte do meu ex-partido que brigou pelo fundão. Quem usar o fundão em 2022, vai ser complicado, porque vai ter que prestar conta de 15 em 15 dias.”

Na opinião do chefe do Executivo, quem usar a verba vai perder voto. Bolsonaro ainda ressaltou que “não acha certo” usar dinheiro público:

“Ao usar o fundo partidário, fazer santinho… Vai ser o tiro pela culatra, vai perder voto. […] Não acho certo usar dinheiro público. No meu caso, me elegi presidente sem fundo nenhum. Os R$ 4 milhões foram fruto de doações.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias