Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Aloysio Nunes coordenava propinas do PSDB, diz Léo Pinheiro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Aloysio Nunes coordenava propinas do PSDB, diz Léo Pinheiro

Em delação premiada, Léo Pinheiro apontou Aloysio Nunes como coordenador de propinas do PSDB.

A cúpula da empreiteira OAS colocou o ex-senador e ex-chanceler, Aloysio Nunes Ferreira, como personagem central na coordenação de pagamentos de propinas para campanhas do PSDB.

A denúncia foi feita em acordo de delação da empresa com a Operação Lava Jato. Entre as campanhas envolvidas no esquema está a do senador José Serra à Presidência da República, em 2010.

Aloysio é citado em quatro capítulos como solicitante de repasses em troca de liberação de dinheiro de obras da prefeitura paulistana e do governo de São Paulo para a empreiteira.

Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, menciona Aloysio sempre como a pessoa que solicita propina, seja para ele ou para Serra, nas campanhas de 2006 e 2010, informa o jornal Folha em parceria com o site Intercept.

O empreiteiro da OAS saiu da cadeia na última terça-feira (17), após ter seu acordo de colaboração homologado no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele estava preso em regime fechado desde 2016.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email