- PUBLICIDADE -

Aloysio Nunes coordenava propinas do PSDB, diz Léo Pinheiro

Aloysio Nunes coordenava propinas do PSDB, diz Léo Pinheiro
- PUBLICIDADE -

Em delação premiada, Léo Pinheiro apontou Aloysio Nunes como coordenador de propinas do PSDB.

A cúpula da empreiteira OAS colocou o ex-senador e ex-chanceler, Aloysio Nunes Ferreira, como personagem central na coordenação de pagamentos de propinas para campanhas do PSDB.

A denúncia foi feita em acordo de delação da empresa com a Operação Lava Jato. Entre as campanhas envolvidas no esquema está a do senador José Serra à Presidência da República, em 2010.

Aloysio é citado em quatro capítulos como solicitante de repasses em troca de liberação de dinheiro de obras da prefeitura paulistana e do governo de São Paulo para a empreiteira.

Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS, menciona Aloysio sempre como a pessoa que solicita propina, seja para ele ou para Serra, nas campanhas de 2006 e 2010, informa o jornal Folha em parceria com o site Intercept.

O empreiteiro da OAS saiu da cadeia na última terça-feira (17), após ter seu acordo de colaboração homologado no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele estava preso em regime fechado desde 2016.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -