Português   English   Español

Apoie o jornalismo independente!

Aloysio Nunes e o cartão de crédito vinculado à conta na Suíça

Aloysio Nunes e o cartão de crédito vinculado à conta na Suíça
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O ex-chanceler brasileiro Aloysio Nunes (PSDB-SP) é acusado de ter recebido um cartão de crédito vinculado à conta na Suíça usada pelo operador Paulo Preto para movimentar propina.


O procurador da República Roberson Pozzobon confirmou, nesta terça-feira (19), que três empreiteiras transferiram recursos para conta na Suíça do ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza.

Paulo Vieira, vulgo Paulo Preto, foi preso nesta manhã na 60ª fase da Operação Lava Jato, chamada de Ad Infinitum.

A suspeita é que Vieira tenha ajudado a lavar dinheiro no esquema de corrupção investigado utilizando contratos e joint ventures de fachada.

Os investigadores da Operação Lava Jato descobriram uma solicitação para entrega de um cartão de crédito aos cuidados do ex-ministro das Relações Exteriores e ex-senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), vinculado às contas do esquema, informa o Jornal do Brasil.

“Considerando essa solicitação do cartão de crédito, solicitamos autorização para mandados de busca e apreensão nos endereços do ex-chanceler”, afirmou Pozzobon.

O procurador da República acrescentou que trata-se de um esquema criminoso “complexo” que demandou a cooperação de países como Suíça, Bahamas, Cingapura e Espanha, que forneceram extrato das movimentações financeiras dos investigados.

Ainda há a suspeita de que parte da propina tenha sido transferida para Hong Kong e Taiwan.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...