PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Aloysio Nunes fora do governo de São Paulo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Durante conversa na tarde desta terça-feira (19) com o governador de São Paulo, João Doria, o tucano Aloysio Nunes Ferreira pediu dispensa do cargo de presidente da Investe SP, órgão ligado à secretaria de Fazenda.

Os investigadores da Operação Lava Jato descobriram uma solicitação para entrega de um cartão de crédito aos cuidados do ex-ministro das Relações Exteriores e ex-senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), vinculado às contas utilizadas pelo operador Paulo Preto para movimentar propinas.

“Considerando essa solicitação do cartão de crédito, solicitamos autorização para mandados de busca e apreensão nos endereços do ex-chanceler”, afirmou o procurador Roberson Pozzobon, como noticiou a RENOVA.

A intenção inicial do governador João Doria era continuar com Aloysio, mas ele próprio colocou o cargo à disposição, diz a revista Veja.

Na conversa com o governador, ele argumentou que queria tempo para fazer sua defesa em relação à operação deflagrada hoje pela Polícia Federal. “E também não quero atrapalhar o seu governo”, acrescentou.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.