Português   English   Español

Alta de João Amoêdo nas pesquisas anima militância na internet

Desconhecido de grande parte do eleitorado, João Amoêdo, candidato do partido Novo à Presidência, tem usado as andanças de campanha para municiar suas redes sociais, espaço onde guerreia em melhores condições com rivais.

Os esforços já estão dando resultado.

Nas duas últimas semanas, o Google registrou, em média, mais interesse em buscas por João Amoêdo do que por candidatos estabelecidos na corrida ou com estrutura partidária consolidada, como Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Henrique Meirelles (MDB).

O candidato do Novo perdeu no buscador apenas para o líder Jair Bolsonaro (PSL).

No Facebook, rede social mais usada do País, Amoêdo alcançou dias atrás mais de dois milhões de “curtidas”, o que o coloca bem à frente da maior parte de seus concorrentes.

Esse esforço digital começa a transparecer, mesmo que de forma incipiente, em sondagens eleitorais.

Em duas pesquisas nacionais divulgadas na semana passada, encomendadas pelo BTG e pela XP Investimentos, Amoêdo apareceu com 4% das intenções de voto no cenário estimulado, no qual os nomes dos candidatos são apresentados.

Os últimos resultados são suficientes para deixá-lo embolado, considerando o limite da margem de erro das pesquisas, com Alckmin, Ciro e Marina. Antes, ele vinha pontuando, no máximo, 2% nas pesquisas nacionais.

Os indicativos de crescimento ainda são tênues e o início da propaganda eleitoral pode mudar tudo rapidamente – o Novo tem só cinco segundos na TV nos dias em que há propaganda para presidente -, mas as pesquisas animaram a militância e a cúpula do partido.

 

Adaptado da fonte EXAME

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter