Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Alto Comando do Exército reunido para analisar decisão de Marco Aurélio

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Alto Comando do Exército reunido para analisar decisão de Marco Aurélio

O Alto Comando é um colegiado de 15 generais subordinados ao comandante Eduardo Villas Boas. Parte deles fica em Brasília e parte nas principais unidades militares espalhadas pelo país, os comandos de área.

O Alto Comando do Exército se reuniu em videoconferência nesta quarta-feira (19) para discutir as possíveis consequências da decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A liminar assinada por Marco Aurélio pode libertar condenados na segunda instância da Justiça e beneficiar, entre outros presos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Um oficial ligado ao Alto Comando disse ao “UOL” que a reunião não tem caráter reativo, mas sim proativo. Ou seja, o Exército discute possíveis cenários que podem ser gerados no país pela decisão – inclusive eventuais manifestações ou distúrbios populares.

As Forças Armadas são responsáveis por manter a ordem e o funcionamento das instituições no país, mas precisam ser acionadas por um dos poderes, Executivo, Legislativo ou Judiciário – o que não aconteceu.

Contudo, é prática comum que planos para diversas hipóteses de cenários sejam traçados de antemão.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email