Alto funcionário da Coreia do Norte viaja para os Estados Unidos

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Kim Yong-chol, um peso pesado da ditadura da Coreia do Norte, se dirige aos Estados Unidos para tratar dos detalhes da cúpula entre os dois países prevista para o dia 12 de junho em Cingapura.

O vice-presidente do Comitê Central do partido único norte-coreano aterrissou nesta terça-feira (29) em Pequim, onde reservou um voo para Nova York, segundo “Yonhap”, com a possível intenção de se reunir com o secretário de Estado, Mike Pompeo, e inclusive com o presidente Donald Trump.

Nenhum oficial norte-coreano de tão alta escalão visitou os Estados Unidos desde que o militar Jo Myong-rok, em 2000, quando viajou para se reunir com o então presidente Bill Clinton.

De acordo com informações do BOL:

Kim Yong-chol, que também é diretor do poderoso Departamento da Frente Unida e tem grandes competências em inteligência e poderes estrangeiros, é uma das figuras do regime submetido a sanções internacionais, incluindo as que o Departamento do Tesouro americano ativou contra eles desde a era Obama.

Conforme detalhado pela agência sul-coreana a partir das listas de passageiros consultados, Kim e seu grupo reservaram um voo para Washington hoje, mas o mudaram por outro, para Nova York, que parte às 13h (hora local, da China) de amanhã.

O presidente Donald Trump confirmou a visita em uma publicação na manhã desta terça-feira (29):

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.