- PUBLICIDADE -

Alunos de Olavo de Carvalho afastados do Ministério da Educação

Alunos de Olavo de Carvalho afastados do Ministério da Educação
Imagem: Reprodução/YouTube

- PUBLICIDADE -

Alguns nomes ligados ao filósofo Olavo de Carvalho foram afastados do Ministério da Educação (MEC).

Um dos nomes afastados do MEC foi Silvio Grimaldo. Aluno de Olavo de Carvalho, ele trabalha diretamente com Ricardo Vélez Rodriguez, no gabinete do ministro.

Até o momento, sua exoneração ainda não foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), mas Grimaldo já teceu comentários críticos nas redes sociais:

“O expurgo de alunos do Olavo de Carvalho do MEC é a maior traição dentro do governo Bolsonaro que se viu até agora. Nem as trairagens DO Mourão ou do Bibiano chegaram a esse nível.”

Eduardo Melo, que era sub secretário executivo do MEC, deve ir para a Fundação Roquette Pinto. Murilo Resende, também aluno de Olavo, também estaria de saída.

Segundo o jornal Estadão, as demissões teriam o intuito de “reorganizar a casa” após a grande repercussão do episódio da carta sobre o Hino Nacional enviada a escolas pelo ministro da Educação. A decisão teria sido tomada pelo próprio Vélez, durante do carnaval.

Na última quinta-feira (7), através do seu perfil oficial no Twitter, Olavo de Carvalho havia pedido que todos os seus alunos deixassem o governo.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -