Português   English   Español

Alvaro Dias defende punição ao PT após delação de Palocci

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

O candidato do Podemos à Presidência, Alvaro Dias, repercutiu as declarações de Antonio Palocci, reveladas nesta segunda-feira (1), no âmbito da Lava Jato.

Na opinião do presidenciável Alvaro Dias, o registro de candidatura do PT deveria ser cancelado por causa do teor das delações.

Entre outras coisas, Antonio Palocci afirmou que foram gastos R$ 1,4 bilhão nas campanhas do PT em 2010 e 2014, valor superior ao declarado à Justiça Eleitoral.

Em vídeo, Alvaro declarou:

É um crime de proporções agigantadas. Em relação às eleições de 2010 e 2014, [foram gastos] R$ 1,4 bilhão. É um escárnio diante das desigualdades sociais deste país, mas é um crime inominável, que tem alto preço. O preço a pagar seria o cancelamento do registro do PT, porque é dinheiro sujo, que veio de fora, [para] abastecer uma fraude eleitoral.

O candidato do Podemos também questionou o resultado das eleições naqueles anos:

Não foi uma vitória, foi uma fraude. Assaltaram o governo, gastando R$ 1 bilhão que saiu dos cofres da Petrobras, segundo Palocci.

Confira o vídeo:

Adaptado da fonte O Tempo

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações