- PUBLICIDADE -

Alvaro Dias promete acabar com privilégios nos três Poderes

- PUBLICIDADE -

O senador Alvaro Dias (Podemos) afirma que seu principal adversário na corrida presidencial de 2018 é o desconhecimento entre os eleitores.

O candidato do Podemos ao Planalto, Alvaro Dias, diz estar combatendo a corrupção há dez mil dias. Por esse motivo, segundo ele, não pode ser rotulado de oportunista por ter convidado o juiz Sergio Moro para ser ministro da Justiça.

O jornal “Folha de S. Paulo” publicou uma entrevista com Alvaro nesta quinta-feira (23).

  • O senhor tem repetido que convidará o juiz Sergio Moro para ministro da Justiça, caso eleito. No dia do anúncio, o senhor afirmou que ele não estava ciente do convite. Não é oportunismo?

Seria oportunismo se eu nunca tivesse combatido a corrupção. Se, enquanto o Brasil estivesse sendo assaltado, eu estivesse à sombra do poder. Sempre estive na linha de frente do combate à corrupção. No dia 1°, eleito, eu apanho o telefone, ligo para ele e digo ‘Sergio Moro, você aceita o convite que eu lhe fiz?’.

  • O senhor tem reforçado que abriu mão de seus privilégios, que não recebe aposentadoria por ser ex-governador, nem auxílio-moradia. Já o juiz Sergio Moro ganha o benefício mesmo tendo apartamento próprio. Não é uma contradição?

[Ri] Olha… É, é uma coisa… Em política nós temos que afirmar as nossas posições. Abrir mão do auxílio-moradia incomoda a quem? Evidentemente, a mim não. A mim valoriza. Eu abro mão do auxílio-moradia há muito tempo. Da verba indenizatória de R$ 15 mil também. Isso significa R$ 20 mil por mês. E abro mão também da aposentadoria. Estou dizendo isso porque tenho que ter autoridade para dizer que, eleito, vou acabar com os privilégios.

  • Mesmo do Judiciário?

Dos três Poderes. Acho que um país aflito diante da crise necessita de reformas de profundidade.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -