Português   English   Español

Apoie o jornalismo independente!

Alvo de piadas por causa da sua fé, Damares revela que foi vítima de pedofilia

Alvo de piadas por causa da sua fé, Damares revela que foi vítima de pedofilia
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A futura ministra dos Direitos Humanos está sendo ridicularizada nos últimos dias por causa de um vídeo em que ela afirma ter visto, quando tinha 10 anos, Jesus em um pé de goiaba.


Em entrevista ao programa “Timeline“, da Rádio Gaúcha, nesta quinta-feira (13), a advogada Damares Alves contou que o vídeo que viralizou nas redes sociais traz apenas uma parte do relato original.

Segundo ela, a história narrada no vídeo aconteceu em um momento dramático: a menina Damares estava prestes a tirar a própria vida, cansada dos abusos sexuais que sofreu, cometidos por um tio, dos seis aos oito anos de idade.

A futura ministra explicou:

Ele me convenceu de que eu era a culpada, eu achava que Deus estava bravo comigo e, por ser uma menina cristã, era uma dor muito grande pela qual eu achava que não conseguiria passar. Eu queria morrer.

Damares falou que subiu no pé de goiabeira decidida a se envenenar. Foi quando ela disse ter visto a figura de Jesus, que a aconselhou a não tomar aquela atitude.

A pastora declarou:

É comum as crianças falarem que têm amigos imaginários, mas quando uma menina cristã fala que esse amigo é Jesus, ela vira piada. De ontem para hoje, virei alvo de piadas porque tive coragem de contar que uma menina de 10 anos, machucada, tinha como amigo imaginário o ser superior da vida dela, que é Jesus. Eu o vi, e foi ele que me impediu de me matar.

E acrescentou:

Desci daquele pé de goiabeira diferente, me tornei pastora, advogada e agora ministra. Eu venci a pedofilia.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...