Ameaça da Coreia do Norte estimula comércio de armas global

Idiomas:

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

As vendas globais de armas das 100 principais empresas aumentaram para 375 bilhões de dólares.


As vendas de armas por empresas internacionais do ramo da defesa aumentaram pela primeira vez em cinco anos, em parte devido à crescente ameaça dos mísseis e ambições nucleares da Coréia do Norte.

Os dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa da Paz Internacional de Estocolmo apontam para uma elevação de 2% no comércio mundial de armas após meia década de declínio.

A constante ameaça militar norte-coreana ajudou a impulsionar o aumento nas estatítiscas, com vendas de armas por parte das empresas sul-coreanas atingindo US$ 8,4 bilhões em 2016 – um aumento de 21% em relação ao ano anterior.

Em novembro, o presidente da Coréia do Sul, Moon Jae-in, anunciou o maior aumento anual do orçamento militar de Seul desde 2009, ao mesmo tempo em que prometeu manter uma “superioridade militar esmagadora” sobre a ditadura de Kim Jong-un.

 

Com informações de: (1)

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...