Americanos presos na Coreia do Norte foram realocados

A Coreia do Norte aparentemente realocou os três cidadãos dos EUA mantidos como prisioneiros no país.

É possível que o ditador Kim Jong-un utilize a libertação dos americanos para demonstrar boas intenções antes da cúpula com o presidente Donald Trump nas próximas semanas.

As informações sobre a realocação dos prisioneiros foram concedidas nesta quarta-feira (02) por um ativista sul-coreano com contatos no sigiloso país vizinho.

De acordo com informações do BOL:

Os três americanos teriam sido levados a um hotel nos arredores de Pyongyang, segundo revelou hoje à agência “Yonhap” o presidente da União Sul-Coreana de Famílias de Sequestrados, Choi Sung-yong, citando um contato que vive na capital norte-coreana.

Este movimento poderia indicar a iminente libertação dos três americanos, acusados de crimes contra o regime, em relação com a cúpula que Kim deve realizar com Trump no final de maio ou começo de junho para tratar a desnuclearização de Pyongyang.

Desde que Pyongyang e Washington acordaram em março a realização da cúpula – que seria a primeira na história entre líderes de ambos países – houve especulação sobre a possível libertação dos detidos.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia