Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Análise de arcada dentária desbanca teoria sobre fuga de Adolf Hitler

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Análise de arcada dentária achada pelos russos em Berlim coloca um ponto final na teoria de que ditador nazista sobreviveu ao fim da II Guerra Mundial.

Os dentes ruins de Adolf Hitler se tonaram evidências conclusivas de que ele realmente se suicidou em 30 de abril de 1945.

Nos últimos meses, uma equipe de patologistas da França teve autorização para examinar parte de uma arcada dentária encontrada em Berlim no início de maio de 1945.

Foi a primeira vez em sete décadas que especialistas tiveram acesso ao achado – e o resultado, publicado no European Journal of Internal Medicine, não deixa dúvidas, conforme explica o patologista-chefe Philippe Charlier:

Os dentes são autênticos – não há nenhuma dúvida. Nosso estudo prova que Hitler morreu em 1945.

De acordo com informações da DW:

A equipe também teve permissão para analisar fragmentos do crânio de Hitler para confirmar como ele cometeu suicídio. Os dentes se encaixam na descrição dada pelo dentista do ditador nazista e não revelam traços de carne, o que é consistente com o fato de que ele era vegetariano.

O estudo pode – mas provavelmente não vai – colocar um ponto final nas teorias conspiratórias de que Hitler conseguiu escapar da destruição dos dias finais da Segunda Guerra Mundial.

“Podemos parar com as teorias conspiratórias sobre Hitler”, disse Charlier. “Ele não fugiu para a Argentina num submarino, não está escondido numa base na Antártida ou num lado oculto da Lua.”

Pelo contrário: Hitler terminou como todo historiador respeitável afirma – num suicídio coletivo em seu bunker em meio às ruínas da capital nazista, enquanto os soviéticos se aproximavam.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.