Ancine veta R$ 1 milhão à produtora do longa ‘Marighella’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ancine nega R$ 1 milhão à produtora do filme “Marighella”. A empresa O2 pertence ao diretor Fernando Meirelles.

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) vetou pedido de R$ 1 milhão em recursos públicos feito pela produtora de filmes O2, responsável pelo longa “Marighella”, dirigido pelo ator e militante político Wagner Moura.

Além de pedir o recurso para ressarcimento de seus gastos, a empresa O2, que pertence ao diretor Fernando Meirelles, solicitava o “perdão” pelo descumprimento de cláusulas contratuais, que resultariam em prejuízo financeiro para a produtora.

Em reunião na última terça-feira, 27 de agosto, a Diretoria Colegiada da Agência entendeu que os pedidos eram irregulares e rejeitou os dois, por unanimidade, segundo a revista Veja.

Acerca do primeiro pedido, a Ancine julgou que não havia respaldo na requisição, já que o objetivo era ressarcir despesas feitas com recursos próprios da produtora, o que é vedado pelo contrato.

No segundo caso, porque uma regra determina que, caso não seja enviado um contrato de comercialização até 90 dias antes do lançamento, o FSA passa a fazer jus a 5% da receita, e a produtora queria que essa cláusula fosse ignorada.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.