Anistia Internacional acusa Maduro de crimes contra a humanidade

Idiomas:

Português   English   Español
Anistia Internacional acusa Maduro de crimes contra a humanidade
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Chamado “Fome de Justiça: os crimes contra a humanidade na Venezuela”, o documento aponta violações “constantes” do direito internacional e dos direitos humanos por parte do regime chavista.


A ONG Anistia Internacional divulgou nesta terça-feira (14) um relatório que acusa a ditadura de Nicolás Maduro de “crimes contra a humanidade”.

O documento ressalta o “alto nível de coordenação entre as forças de segurança estaduais e nacional”:

“As execuções extrajudiciais seletivas, as prisões arbitrárias e os mortos e feridos provocados pelo uso excessivo da força por parte do governo de Nicolás Maduro no âmbito de uma política sistemática de repressão, ao menos a partir de 2017, podem constituir crimes contra a humanidade.”

Segundo a ONG, a natureza de ataques realizados em janeiro, em termos de comportamento, número de vítimas e circunstâncias geográficas, mostra que “as autoridades venezuelanas cometeram crimes contra a humanidade e devem responder em um órgão judiciário independente e imparcial”.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

Segundo a ISTOÉ, a Anistia ainda recomenda que o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas crie uma comissão de inquérito para apurar violações na Venezuela:

“A procuradoria da Corte Penal Internacional, que iniciou um exame preliminar sobre a Venezuela no começo de 2018, também deve levar esses eventos em conta. […] Pedimos a todos os Estados que mostrem com urgência seu inequívoco apoio às vítimas destes eventos e que garantam que esses crimes não fiquem impunes.”

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...