PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Anistia Internacional condena ‘retórica de guerra’ do ditador de Cuba

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Diretora da ONG criticou a "retórica inflamatória de guerra” do líder cubano.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Até mesmo a Anistia Internacional, ONG alinhada aos ideais da extrema esquerda, decidiu criticar as ações e palavras do ditador Miguel Díaz-Canel, de Cuba.

A diretora para as Américas da AI, Erika Guevara Rosas, condenou, nesta segunda-feira (12), as declarações de Díaz-Canel em meio aos protestos ocorridos nos últimos dias na ilha comunista.

Em um comunicado, Rosas cobrou que o governo atenda às demandas populares:

“A retórica inflamatória de guerra e de confronto do presidente Migue Díaz-Canel gera um ambiente violenta contra quem cobra prestação de contas e o livre exercício de seus direitos.”

Milhares de cubanos foram às ruas neste domingo (11) para protestar contra o regime comunista, mas o dia ficou marcado por detenções e confrontos. 

Os confrontos ocorreram após o presidente do país convocar apoiadores para enfrentar manifestantes e defender a Revolução Cubana.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.