Antonio Palocci delata repasses ao filho caçula de Lula

Antonio Palocci delata repasses ao filho caçula de Lula
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Os valores dos repasses não foram revelados nas reportagens divulgadas pela revista Veja sobre a delação de Palocci.

No anexo 22 da delação premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-ministro Antonio Palocci implica o filho caçula de Lula da Silva (PT).

Palocci confirmou o repasse de recursos pela empresa Qualicorp ao Partido dos Trabalhadores (PT), ao Instituto Lula e a Touchdown, companhia de Luis Cláudio Lula da Silva, 30 anos, filho do ex-presidente.

Os pagamentos, segundo o ex-ministro, teriam sido feitos em troca de “benefícios concedidos pelo governo” à empresa na Agência Nacional de Saúde Suplementar, informa a revista Veja.

Em março, a Polícia Federal (PF) indiciou Lula e o filho Luís Cláudio pelos crimes de lavagem de dinheiro e tráfico de influência por pagamentos para relacionados à empresa de marketing esportivo.

A partir do documento divulgado nesta quarta-feira (13), descobre-se que o acordo firmado por Palocci no STF tem 23 anexos, que tratam de 12 políticos, entre ex-ministros de Estado, parlamentares e ex-parlamentares — além de grandes empresas.

Compartilhe...

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...