Anvisa conclui que morte de jovem não foi causada por vacina da Pfizer

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Morte de adolescente não foi causada por vacina da Pfizer, conclui Anvisa.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concluiu que a morte de uma adolescente de 16 anos em São Paulo não está relacionada à aplicação da vacina contra Covid-19 da Pfizer.

A informação foi divulgada nesta quarta-feira (22) pelo órgão do Ministério da Saúde.

De acordo com a agência, o caso foi detalhado em reunião do Comitê Interinstitucional de Farmacovigilância de Vacinas e outros Imunobiológicos, em que o processo investigativo do caso foi detalhado e validado.

A conclusão é que a adolescente sofria um quadro característico de Púrpura Trombótica Trombocitopênica (PTT), uma doença autoimune, segundo a Anvisa.

A causalidade foi classificada como coincidente, ou seja, descartou-se a possibilidade de o óbito ter sido relacionado à administração da vacina“, disse a agência em comunicado.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.