Anvisa investiga morte de adolescente após vacina da Pfizer

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Pfizer também está investigando a morte de adolescente após a vacinação.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou, nesta quinta-feira (16), que está investigando a morte de uma adolescente de 16 anos após a aplicação da primeira dose de vacina da Pfizer

O órgão informou que, por enquanto, não há relação definida entre o óbito e a administração do imunizante contra a Covid-19.

A agência foi informada na última quarta-feira (15) que o falecimento ocorreu no dia 2 de setembro.

Um jovem de 16 anos recebeu a primeira dose da Pfizer em 25 de agosto e, no dia seguinte, começou a sentir cansaço e falta de ar.

Em um comunicado, como nós noticiamos, a farmacêutica reconheceu a morte do jovem em São Bernardo do Campo, interior de São Paulo.

Pfizer disse que o caso está sob investigação mas, até o momento, “não foi estabelecida uma relação causal entre o ocorrido e o imunizante”. 

Momentos antes da divulgação da mensagem da Pfizer, o Ministério da Saúde anunciou a suspensão da imunização em crianças e adolescentes no Brasil.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.