Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Anvisa libera importação de 6 milhões de doses da vacina chinesa

COMPARTILHE

A vacina chinesa contra coronavírus está atualmente na terceira fase de testes.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou, nesta sexta-feira (23), a importação de 6 milhões de doses da CoronaVac, vacina da China que está sendo produzida em parceria pelo Instituto Butantan, em São Paulo.

A decisão da Anvisa não diz respeito ao pedido feito pelo governo de João Doria (PSDB) para que também seja permitida a importação de insumos para a produção de outras 40 milhões de doses no Brasil.

Atualmente na terceira fase de testes, a vacina chinesa contra o coronavírus ainda não obteve o registro para aplicação do imunizante, que não pode ser utilizado na população.

No total, Doria fechou um contrato com o laboratório chinês Sinovac para a aquisição de 46 milhões de doses da vacina.

As primeiras 6 milhões de doses da vacina virão prontas da China, e as outras 40 milhões serão envasadas e rotuladas no Instituto Butantan a partir de material que será importado.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE