Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Anvisa libera importação de dois milhões de doses da vacina de Oxford

COMPARTILHE

O imunizante ainda precisa ter seu registro ou uso emergencial aprovado pela Anvisa.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, no último sábado (2), o pedido feito pela Fiocruz para importar 2 milhões de doses já prontas de uma vacina contra o coronavírus

O imunizante em questão foi desenvolvido pela farmacêutica AstraZeneca em parceira com a Universidade de Oxford, do Reino Unido.  

A solicitação foi feita pela Fiocruz no último dia 31 de dezembro.  

É importante enfatizar que a autorização da Anvisa só vale para a importação das doses, pois a aplicação da vacina ainda não foi autorizada. 

No ofício que enviou à Anvisa para importar as milhões de doses da vacina, a Fiocruz disse que a intenção da medida é antecipar a vacinação contra covid-19 de fevereiro para janeiro.  

O imunizante é a principal aposta do governo Jair Bolsonaro para conter a crise sanitária.  

A intenção do Brasil é produzir 100 milhões de doses do composto até o 2º trimestre deste ano. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Maria
Maria
16 dias atrás

A vacinação será inócua, pois de acordo com a própria imprensa, o vírus já está em mutação. Tomam-nos por idiotas.

PUBLICIDADE