Português   English   Español
Português   English   Español

Ao lado de sindicalistas, Alckmin fala em corrigir reforma trabalhista

Ao lado de sindicalistas, Alckmin fala em corrigir reforma trabalhista
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin, admitiu nesta terça-feira (2) que poderá rever pontos da reforma trabalhista caso seja eleito.

Em encontro com sindicalistas em São Paulo, o presidenciável do PSDB declarou:

Vamos sim corrigir os itens que precisam ser corrigidos da reforma trabalhista. Aqui bem colocada a questão do trabalhador intermitente e das mulheres grávidas em ambientes insalubres e outras questões que mereçam ser rediscutidas.

Geraldo Alckmin acrescentou:

A gente quando ouve mais, erra menos. Governo moderno é que está interagindo, ouvindo, dialogando, para buscar as melhores soluções.

A nova legislação trabalhista entrou em vigor em meados de novembro passado, com mudanças em mais de 100 pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

A reforma prevê, entre outros pontos, que acordos entre empregados e empregadores se sobrepõem à legislação vigente, busca diminuir a ação da Justiça trabalhista nas negociações entre as partes, permite o trabalho intermitente e o fatiamento das férias em três períodos.

Adaptado da fonte Reuters

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!