Português   English   Español

AP se retrata após publicar fake news sobre o memorando

The Associated Press é uma das principais fontes de notícias do planeta. Quase todos os veículos da grande mídia utilizam as informações publicadas pela AP como fonte para suas matérias.

Na sexta-feira (02/02), o jornal publicou uma notícia alegando que o dossiê falso, utilizado como evidência pelo FBI para espionar o time Trump, havia sido financiado inicialmente pela mídia conservadora Washington Free Beacon.

Apesar de já ter sido desmentida centenas de vezes, esta informação falsa vem sendo utilizada há muito tempo para tentar tirar o peso do dossiê das costas dos democratas.

Mas isso não impediu que três jornalistas da AP reciclassem esta fake news com objetivo de levantar dúvidas sobre o escandaloso memorando publicado pelo Comitê de Inteligência da Câmara dias atrás.

Horas depois, o jornal publicou uma retratação:

The Associated Press relatou erroneamente que o trabalho de um ex-espião britânico em um projeto de pesquisa da oposição foi inicialmente financiado pelo conservador Washington Free Beacon. Embora o antigo espião, Christopher Steele, tenha sido contratado por uma empresa inicialmente financiada pelo Washington Free Beacon, ele não começou a trabalhar no projeto até que os grupos democratas começaram a financiá-lo.

O espião britânico Christopher Steele recebeu dinheiro dos Democratas para criar um dossiê com informações falsas conectando Trump com a Rússia.

O memorando comprova que o FBI utilizou o dossiê como evidência para obter autorização da justiça norte-americana para espionar a campanha do candidato republicano Donald Trump.

Com informações de: [AP]

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter