Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Apartamento de luxo conecta verba da Oi à família de Lula, diz Lava Jato

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Apartamento de luxo conecta verba da Oi à família de Lula
Imagem: Reprodução/VEJA

Lulinha alugou o imóvel por R$ 15 mil mensais. Perícia aponta que um imóvel similar na região, mobiliado, custava R$ 40 mil mensais.

Um apartamento de 335 m² em região nobre da zona sul de São Paulo é apontado pela operação Lava Jato como uma das principais provas de que o empresário Jonas Suassuna usou dinheiro de contratos com a Oi para beneficiar a família do ex-presidente Lula da Silva, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Suassuna também é dono de parte do sítio de Atibaia, no interior de São Paulo, usado por Lula e família.

O imóvel foi comprado por Suassuna em 2009 por R$ 3 milhões. O apartamento também passou por reforma e recebeu mobília ao custo de, segundo estimativa da Polícia Federal (PF), ao menos R$ 1,6 milhão

Alugado em 2013 por Fábio Luís Lula da Silva, vulgo “Lulinha”, o apartamento ocupa sozinho o 23º andar de um dos dois edifícios do condomínio Hemisphere.

A PF desconfia que tanto o apartamento quanto o terreno em Atibaia foram comprados com dinheiro de contratos comerciais feitos sem lógica econômica, uma fachada para dar aparência legal às transferências, informa o jornal Folha de S.Paulo.

“Há indícios de que esse imóvel possa ter sido adquirido com a finalidade específica de servir de moradia depois para Fábio Luís Lula da Silva”, disse o procurador Roberson Pozzobon na última terça-feira [, após a operação. 

“É muito semelhante ao que aconteceu também no sítio de Atibaia”, acrescentou Pozzobon.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias