Apenas ‘fanáticos’ negam o aquecimento global, diz premiê da Espanha

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A declaração foi feita na abertura da conferência da ONU que debate formas para combater mudanças climáticas.

Pedro Sánchez, primeiro-ministro interino da Espanha, afirmou, nesta segunda-feira (2), que “somente um pequeno grupo de fanáticos nega as evidências” do aquecimento global

A declaração foi feita em discurso durante a abertura da conferência do clima da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP 25, que acontecem em Madri.

Sánchez declarou que os “fatos alternativos” precisam ser combatidos com ações, mas não mencionou nomes de pessoas ou países específicos, informa o portal G1.

“Não existe nenhum muro que possa proteger nenhum país, por mais forte que seja”, afirmou Sánchez, numa referência indireta à proposta do presidente norte-americano, Donald Trump, de construir um muro para impedir a entrada de imigrantes ilegais do México nos Estados Unidos.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.