Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Apesar da pressão dos EUA, União Europeia confirma apoio a Cuba

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Apesar de pressão dos EUA, União Europeia confirma apoio a Cuba

“Cuba é um sócio crucial para nós, porque pode servir como ponte entre a América Latina e os países do Caribe”, afirmou a UE.

A União Europeia reafirmou, nesta segunda-feira (9), seu apoio ao desenvolvimento de Cuba e destacou o papel do regime comunista como interlocutor na América Latina.

A aproximação da UE com o país latino-americano acontece apesar da pressão imposta pelos Estados Unidos por conta do respaldo de Havana à ditadura de Nicolás Maduro, na Venezuela.

Durante a abertura do segundo Conselho Conjunto Cuba-UE, em Cuba, a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, declarou:

“Nos tempos incertos que vivemos, valorizamos muito que nossos sócios, como é o caso de Cuba, compartilhem nosso compromisso com o multilateralismo e com um sistema internacional baseado em normas.”

E, segundo o site UOL, acrescentou:

“Cuba é um sócio crucial para nós, porque pode servir como ponte entre a América Latina e os países do Caribe.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email