Português   English   Español
Português   English   Español

Apoiadores de Guaidó deixam embaixada venezuelana em Brasília

Apoiadores de Guaidó deixam embaixada venezuelana em Brasília
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Após 12 horas de ocupação, saída foi acompanhada pelo Itamaraty, Polícia Militar do DF e pela Polícia Federal.

Apoiadores de Juan Guaidó, presidente interino da Venezuela, deixaram o prédio da embaixada do país, em Brasília, após uma ocupação que durou mais de 12 horas. 

Formado por 14 pessoas, o grupo estava no local desde as 5h desta quarta-feira, 13 de novembro.

A saída dos apoiadores de Guaidó foi acompanhada pela Polícia Militar do Distrito Federal e coordenada pela Polícia Federal e pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE). 

As negociações para que o grupo deixasse o local foram feitas pelo coordenador-geral de Privilégios e Imunidades do Ministério das Relações Exteriores (MRE), Maurício Correia, e pelo ministro-conselheiro da embaixada da Venezuela no Brasil, Tomás Silva, reconhecido pelo governo brasileiro e por Guaidó, informa o portal G1.

Vestidos com camisas brancas, o grupo formado por homens e mulheres deixou primeiro o prédio e se posicionou no jardim da embaixada venezuelana no Brasil. Em seguida, saiu do local por um portão lateral e entrou em um ônibus.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...