PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Apoio à greve dos caminhoneiros nas redes sociais tem redução

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Comentários positivos em relação à manifestação dos caminhoneiros caíram de 53,5%, na sexta-feira (25), para 34,5%, nesta segunda-feira (28).

Uma pesquisa da empresa Torabit, especializada em medição de comentários nas redes sociais, mostrou que o apoio explícito dos internautas à paralisação dos caminhoneiros, que entrou nesta segunda-feira (28) em seu oitavo dia, caiu em 20 pontos porcentuais em três dias.

Na última sexta-feira (25), Renova Mídia informou que 53,5% dos posts em redes sociais e blogs eram favoráveis ao movimento grevista.

Agora, a proporção a favor da greve é de 34,5%. A medição do mais recente levantamento se encerrou às 10h desta segunda.

De acordo com informações do Estadão:

Já as avaliações positivas caíram de 52% para 45% – parte desses comentários, porém, destacava os efeitos da paralisação de forma negativa. O restante dos comentários foi avaliado como “neutro”.

Para chegar aos dados, a Torabit mediu as reações no Twitter, Instragram, YouTube, Google+, páginas abertas no Facebook, blogs e sites de internet. Em sites de notícias, segundo o Instituto Verificador de Circulação (IVC), a palavra “caminhoneiro” foi a mais clicada em todo o último fim de semana.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.