Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Após 55 dias de confinamento, França começa a voltar à normalidade

Espanha e França apresentam planos para sair do confinamento
COMPARTILHE

Além de deixar mais de 26 mil mortos na França, o coronavírus teve impacto devastador na economia.

Após dois meses de quarentena, os cidadãos da França voltaram timidamente à normalidade nesta segunda-feira (11). 

Lojas não essenciais estão reabrindo e a população agora tem a possibilidade de sair às ruas livremente, ainda que o governo Emmanuel Macron peça para não baixarem a guarda. 

Com a suspensão gradual das restrições, milhares de pessoas voltaram ao trabalho hoje, um retorno considerado essencial para revitalizar a economia do país europeu, que se encontra em sua pior recessão desde a Segunda Guerra Mundial.

Salões de beleza, lojas de roupas, floriculturas e livrarias reabrem suas portas, com uma série de precauções para funcionários e clientes para evitar a proliferação do coronavírus.

Já restaurantes, bares, teatros e cinemas permanecerão fechados até junho pelo menos, destaca a agência France-Presse.

Já os franceses podem sair às ruas sem ter de justificar para as autoridades. Deslocamentos estão permitidos dentro dentro de uma distância de, no máximo, 100 km de casa. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários