- PUBLICIDADE -

Após ação do STF, Tarcísio tenta destravar obras da Ferrogrão

‘Desenvolvimento pode coexistir com a sustentabilidade’, diz Tarcísio

Tarcísio tem articulado para tentar reverter o controverso entendimento de Moraes.

- PUBLICIDADE -

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, está tentando liberar o licenciamento ambiental da Ferrogrão.

A ferrovia foi desenvolvida para ser considerada a principal rota de escoamento do agronegócio do Brasil.

Desde 15 de março, as obras estão paradas a mando de Alexandre de Moraes, juiz do Supremo Tribunal Federal (STF), que atendeu a um pedido do PSOL

Moraes argumentou que a ferrovia cortaria área de uma floresta protegida, o Parque Nacional do Jamanxim, no Pará

Além disso, de acordo com o magistrado, a obra “invadiria” terras indígenas. 

Recentemente, Tarcísio tem articulado para tentar reverter o controverso entendimento de Moraes. 

De acordo com o governo, a Ferrogrão está dentro da chamada “faixa de domínio”, ou seja, distante das áreas de preservação ambiental e terras indígenas.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -