Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Após mirar em Salles, Maia ataca presidente do Banco Central

Rodrigo Maia diz ter sido ameaçado por governador
Imagem: Reprodução/Agência Câmara
COMPARTILHE

Maia e Campos Neto conversaram dias atrás. Deputado não gostou da repercussão.

Cada vez mais perto de deixar o comando da Câmara, o deputado Rodrigo Maia (DEM) ativou uma máquina de ataques contra membros do governo Jair Bolsonaro.

Após ofender publicamente o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, o parlamentar mirou, nesta quinta-feira (29), em Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central (BC).

Em mensagem no Twitter, Maia disse que Campos Neto vazou para imprensa o conteúdo de uma conversa particular que os dois tiveram:

“A atitude do presidente do Banco Central de ter vazado para a imprensa uma conversa particular que tivemos ontem não está à altura de um presidente de Banco de um país sério.”

Maia e Campos Neto conversaram dias atrás porque o presidente do BC está preocupado com a crise política no Brasil.

Como de costume, Maia culpou o governo Bolsonaro por essa crise política. A acusação vazou para imprensa.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE