Após pedir desculpas, Macron ataca Trump durante visita à França

Idiomas:

Português   English   Español
Após pedir desculpas, Macron ataca Trump durante visita à França
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Macron alertou contra os “perigos do nacionalismo” em discurso dirigido diretamente ao presidente dos Estados Unidos e aos seus aliados na Europa.


Durante a celebração do centenário do Armistício em Paris, capital da França, neste domingo (11), o presidente francês Emmanuel Macron disparou contra o fortalecimento de políticos alinhados à direita, amparados pelo valores do patriotismo e da soberania das nações.

Durante a sua fala, o presidente francês alertou que os “demônios antigos” que causaram a Primeira Guerra Mundial e milhões de mortes estão crescendo mais forte.

Emmanuel Macron acrescentou:

O patriotismo é exatamente o oposto do nacionalismo. O nacionalismo é uma traição ao patriotismo. Ao dizer ‘nossos interesses primeiro’, aconteça o que acontecer com os outros, você apaga a coisa mais preciosa que uma nação pode ter, aquilo que o torna vivo, aquilo que faz com que seja grande e que o que é mais importante: seus valores morais.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

O presidente norte-americano, Donald Trump, que estava na plateia, ficou claramente incomodado com o discurso globalista de Macron durante a celebração de uma data tão marcante para a história da humanidade.

 

Reação de Trump

A relação entre Estados Unidos e França enfrentou uma relativa turbulência nos dias que antecederam a celebração deste domingo.

Em entrevista, na sexta-feira (9), o presidente francês falou sobre a criação de um Exército para proteger a União Europeia de seus inimigos, inclusive os Estados Unidos.

Donald Trump achou a declaração de Macron “muito insultante”, conforme noticiou a Renova Mídia.

Algumas horas depois, o governo francês pediu desculpas, disse que tudo não passou de uma grande confusão, e afirmou que o exército globalista proposto por Emmanuel Macron não tem como objetivo se proteger dos Estados Unidos.

Durante sua visita ao Palácio do Eliseu – a residência oficial do presidente da República Francesa, o líder norte-americano, Donald Trump, não pareceu estar muito feliz em rever Macron. Confira o vídeo abaixo:

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...