Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Após protestos, Justiça suspende novo lockdown em Búzios

Após protestos, Justiça suspende novo lockdown em Búzios
Imagem: Brenno Carvalho / Agência O Globo
COMPARTILHE

A suspensão do processo número 0089626.30.2029.8.19.000 foi publicada horas atrás.

Após uma quinta-feira (17) de intensos protestos no município de Búzios, no Rio de Janeiro, a Justiça suspendeu as novas medidas restritivas impostas em meio à pandemia de coronavírus

De acordo com uma polêmica decisão judicial, hotéis, pousadas e outros meios de hospedagem de Búzios deveriam ser fechados a partir de hoje. 

Os hotéis teriam 72 horas para desocupar seus quartos. Novas reservas estavam proibidas. 

Agora, o presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), o desembargador Claudio de Mello Tavares, suspendeu a liminar que determinava o fechamento de tudo.   

Mello Tavares atendeu a pedido da prefeitura de Búzios. 

A suspensão do processo número 0089626.30.2029.8.19.000 foi publicada pelo próprio desembargador no site do Tribunal de Justiça. 

“A ingerência do Judiciário nessa seara é feita de forma excepcional e deve estar cingida àquilo que se pode razoavelmente exigir do Poder Público, não substituindo-o em suas escolhas”, disse o desembargador na decisão. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE