Após ser solto por GIlmar, Paulo Preto é preso novamente

Foto: Mateus Bruxel/Folhapress

Paulo Vieira de Souza, vulgo Paulo Preto, apontado como operador do PSDB, é preso novamente.

O ex-diretor da Dersa, Paulo Preto, apontado como operador do PSDB, foi preso novamente em São Paulo nesta quarta-feira (30) após descumprir decisão judicial.

Ele havia sido solto no último dia (11) após ter habeas corpus concedido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes.

De acordo com informações do G1:

Paulo Vieira Souza ficou preso de 6 de abril a 11 de maio em razão das suspeitas de desvios nas obras do Rodoanel Sul, Jacu Pêssego e Nova Marginal Tietê.

Ele é suspeito de participar de desvio de recursos públicos durante obras do governo do PSDB no estado de São Paulo entre os anos de 2009 e 2011, durante os governos de José Serra, Alberto Goldman e Geraldo Alckmin.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia