Português   English   Español

Após STF, procuradores federais aprovam reajuste salarial de 16%

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Em reunião na manhã desta sexta-feira (10), o Conselho Superior do Ministério Público Federal (MPF) aprovou uma proposta de Orçamento para o próximo ano com a previsão de reajuste de 16,38% no salário dos procuradores da República.

O índice é o mesmo aplicado pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) ao preverem o reajuste dos próprios salários no Orçamento 2019 do tribunal.

Como os salários do STF são o teto do funcionalismo público, o aumento salarial do Supremo pode provocar o chamado “efeito cascata” nos reajustes de outras carreiras do poder público.

Segundo estudo das consultorias de Orçamento da Câmara e do Senado, publicado por reportagem do jornal “Estado de S. Paulo”, esse efeito cascata pode levar a um aumento de gastos com salários de R$ 4 bilhões para os Poderes da União e para os estados.

A concessão do aumento para o STF e o MPF ainda depende da aprovação de projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional.

 

Com informações do UOL

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações