Português   English   Español
Português   English   Español

Após STF, procuradores federais aprovam reajuste salarial de 16%

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Em reunião na manhã desta sexta-feira (10), o Conselho Superior do Ministério Público Federal (MPF) aprovou uma proposta de Orçamento para o próximo ano com a previsão de reajuste de 16,38% no salário dos procuradores da República.

O índice é o mesmo aplicado pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) ao preverem o reajuste dos próprios salários no Orçamento 2019 do tribunal.

Como os salários do STF são o teto do funcionalismo público, o aumento salarial do Supremo pode provocar o chamado “efeito cascata” nos reajustes de outras carreiras do poder público.

Segundo estudo das consultorias de Orçamento da Câmara e do Senado, publicado por reportagem do jornal “Estado de S. Paulo”, esse efeito cascata pode levar a um aumento de gastos com salários de R$ 4 bilhões para os Poderes da União e para os estados.

A concessão do aumento para o STF e o MPF ainda depende da aprovação de projeto de lei em tramitação no Congresso Nacional.

 

Com informações do UOL

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!