Aprovação do governo Michel Temer chega aos 4,3%

Presidente Michel Temer em evento no Palácio do Planalto 16/02/2018 REUTERS/Adriano Machado

CAPA: Reuters/Adriano Machado

A popularidade do presidente Michel Temer pouco se alterou nos últimos meses, segundo pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (06), que mostrou que a avaliação ótima/boa do governo passou a 4,3% em março, ante 3,4% em setembro.

De acordo com informações da Reuters Brasil:

A pesquisa do instituto MDA para a Confederação Nacional do Transporte (CNT) apontou que a avaliação ruim/péssima foi a 73,3 por cento, contra 75,6 por cento, enquanto a avaliação regular do governo passou a 20,3 por cento, ante 18,0 por cento na pesquisa anterior.

A margem de erro da sondagem é de 2,2 pontos percentuais.

Ainda de acordo com o levantamento, o percentual dos que desaprovam o desempenho pessoal do presidente é de 83,6 por cento —era de 84,5 por cento em setembro—, enquanto os que aprovam somam 10,3 por cento, em comparação a 10,1 por cento.

A pesquisa foi realizada de 28 de fevereiro a 3 de março, em 137 municípios, com 2.002 pessoas.

Segundo informações do portal Terra:

O deputado Jair Bolsonaro lidera as intenções de voto nos cenários em que Lula não é candidato.

Na sondagem de intenção de voto espontânea para a Presidência, Lula soma 18,6%. Bolsonaro ocupa a segunda posição, com 12,3%, seguido de Ciro Gomes (PDT), com 1,7%, e o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), com 1,4%.

O senador Álvaro Dias (PODE-PR), alcança 1,2% na pesquisa estimulada, o mesmo patamar obtido por Marina Silva (Rede), seguidos do atual presidente Michel Temer, com 0,4% das intenções de voto.

Brancos e nulos neste cenário estimulado somam 20,4%, enquanto os indecisos chegam a 39,7%.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *